Blog de notícias, dicas e novidades

Blog

22
Setembro
2017
0
Rebolos

Rebolos


22 Setembro 2017 Atualizado em 22 Setembro 2017
Tamanho da fonte
pequena
normal
grande
Versão para impressão
imprimir
Ferramentas abrasivas auto afiáveis constituídas por grãos abrasivos e ligas. Possuem formatos e dimensões específicas e efetuam o trabalho de retificar, polir, desbastar, cortar, afiar, rebarbar, etc.
CONCEITO GERAL:
São ferramentas abrasivas auto afiáveis constituídas por grãos abrasivos e ligas. Possuem formatos e dimensões específicas e efetuam o trabalho de retificar, polir, desbastar, cortar, afiar, rebarbar, etc.

TIPOS DE ABRASIVOS:
A - Óxido de alumínio marrom, possui alto teor de titânio, proporciona maior dureza para rebolos resinóides e vitrificados.
AA - Óxido de alumínio branco, ideal para ações especiais, endurecido é extremamente friável.
PA - Óxido de alumínio rosa, ideal para operações em ferramentaria e cutelaria, proporciona corte frio e quebradiço.
2A - Óxido de alumínio bege, monocristalino de alta resistência, indicado para corte rápido e operações de precisão.
DA - Óxido de alumínio branco com mistura de óxido de alumínio marrom, ideal para operações de retífica cilíndrica externa. Une a dureza do grão “A” com a fiabilidade do grão “AA”, tornando–se semifriável.
SA - Óxido de alumínio azul, grão cerâmico mais resistente que os grãos convencionais, proporciona alto grau de remoção.
ZF - Óxido de alumínio cinza, agregado quimicamente ao zircônio, recomendado para acearias e fundições. Pode ser combinado com Carbeto de silício ou Óxido de alumínio dependendo da operação.
NZ - Óxido de alumínio cinza com maior teor de zircônio, indicado em aplicações onde são exigidas remoções pesadas e rápidas, ideal para os discos de corte e desbaste.
C - Carbeto de silício preto, indicado para as operações em ferro fundido cinzento, lapidação de vidro, etc.
GC - Carbeto de silício verde, mais macio que o carbeto de silício preto, indicado para operações em aços extremamente duros.
2C - Combinação do Carbeto de silício verde e Carbeto de silício preto.
AC - Combinação de óxido de alumínio marrom e carbeto de silício verde.

GRANULOMETRIA
Granulometria ou dimensão granulométrica indica o tamanho do grão abrasivo. As granulometrias são determinadas por marcação numérica, quanto maior é o numero do tamanho do grão menor é o tamanho do grão. Existem 3 padrões de granulometria conforme as normas FEPA, CAMI e JIS que apresentam pequenas diferenças em alguns tipos de grãos. Estas normas estão baseadas em método normatizado de medição.


Microns CAMI FEPA JIS
1,2 - - 8000
2,0 - - 6000
3,0 - - 4000
4,0 - - 3000
6,5 1200 - -
6,6 - - 2500
8,5 - - 2000
9,2 1000 - -
10,6 - - 1500
12,2 800 - -
12,5 - - 1200
15,0 - - 1000
15,3 - P1200 -
16,0 600 - -
18,3 - P1000 -
19,7 500 - -
19,0 - - 800
21,8 - P800 -
23,6 400 - -
25,8 - P600 -
26,0 - - 600
28,8 360 - -
30,0 - P500 500
35,0 - P400 400
36,0 320 - -
40,5 - P360 -
44,0 280 - -
46,2 - P320 -
52,5 - P280 -
53,5 240 - -
58,5 - P240 -
60,0 - - 220
65,0 - P220 -
66,0 220 - -
78,0 180 P180 180
- - - -
Microns CAMI FEPA JIS
93,0 150 - -
97,0 - P150 -
110,0 - - 120
116 120 - -
127,0 - P120 -
131,0 - - 100
141,0 100 - -
156,0 - P100 -
189,0 - - 80
192,0 80 - -
197,0 - P80 -
260,0 - P60 -
268,0 60 - -
274,0 - - 60
324,0 - - 50
326,0 - P50 -
351,0 50 - -
385,0 - - 40
412,0 - P40 -
428,0 40 - -
524,0 - P36 -
535,0 36 - -
540,0 - - 36
622,0 - P30 -
638,0 30 - -
643,0 - - 30
715,0 24 - -
740,0 - P24 -
768,0 - - 24
905,0 20 - -
984,0 - P20 20
1238,0 - - 16
1320,0 16 - -
1324,0 - P16 -
1764,0 - P12 -
1842,0 12 - -
DUREZA
A dureza de um rebolo é determinada pela quantidade e tipo de liga utilizada em sua construção e designa a força com que a liga ancora os grãos abrasivos na massa aglomerada. De forma geral, a regra quanto à dureza das ferramentas abrasivas x tipo de material é:

Material mole: Rebolo de alta dureza.
Material duro: Rebolo com baixa dureza.

LIGA
Tem a função de manter os grãos abrasivos unidos entre si. São classificadas em ligas resinóides e vitrificadas.Resinóide ou Orgânica: Oferece elevada resistência ao impacto. Trabalha normalmente na velocidade de 48m/s, podendo chegar até 80 m/s dependendo da aplicação e da sua construção.As ferramentas abrasivas construídas com liga resinóide são indicadas para operações de corte, desbastes severos, abertura de canais, Roll Grinding, Disc-Grindin , Centerless, etc .Tipos de liga Resinóide Alcar:

BAP - Para desbaste - rebolo de fundição.

Velocidade de trabalho: até 48m/s.

Aplicada a rebolos da família Óxido de alumínio ,Carbeto de silício e Zirconados
BI - para operação de precisão: roll grinding, disc grinding e Centerless

Velocidade de trabalho: até 48m/s.

Aplicada a rebolos da família do Óxido de alumínio e Carbeto de silício.
BK - para desbaste.
Velocidade de trabalho: até 60 m/s.
BF - Indicada para operações de abertura de canal.
Velocidade de trabalho: até 80 m/s.
Vitrificada ou Inorgânica: Obtida a partir da combinação química de argilas e feldspato e submetida a temperaturas elevadas da ordem de 1260ºC.

As ferramentas abrasivas vitrificadas são indicadas em operações de acabamento , afiação , retificação, etc.

Tipos de ligas vitrificadas Alcar

V1 - Aplicação: Uso geral, pedestal (33m/s), cilíndrica, plana, centerless,

segmentos, pedras e brunidores.
Velocidade de trabalho: até 60m/s

Aplicada a rebolos da família do Óxido de alumínio.
V2 - Aplicação: Uso geral, pedestal (33m/s).
Velocidade de trabalho : até 45m/s.

Aplicada a rebolos da família padronizados.
V1C - Aplicação: Retíficas cilíndricas, planas e centerless, pista de rolamentos e angulares.
Velocidade de trabalho: até 60 m/s.

Aplicada a rebolos da família do Óxido de alumínio.
V3 , V4 e V9 - Aplicação: Ferramentaria, retífica plana e interna.

Velocidade de trabalho: até 60 m/s. Aplicada a rebolos da família do Óxido de alumínio.
V5 e V7 - Aplicação: Uso geral, pedestal (33m/s), retífica cilíndrica e plana, ferramentaria, segmentos e pedras.
Velocidade de trabalho: até 60m/s.

Aplicada a rebolos da família do Carbureto de silício.


ARMAZENAMENTO:

O armazenamento deve ser efetuado de forma que possibilite a fácil retirada dos mesmos. Em prateleiras os rebolos de diâmetros maiores devem ficar armazenados na parte inferior e acondicionados verticalmente.


MONTAGEM e USO:

Use sempre rótulos para montar os rebolos, eles permitem a distribuição uniforme da força de aperto.
Os rebolos vitrificados devem passar por inspeção de som antes da montagem, este teste é efetuado batendo levemente na lateral do rebolo um ferramenta de madeira ou plástico. O som semelhante ao de um sino indica que o produto está aprovado para montagem (ver norma ABNT – NBR 15.230).
Inspecione os flanges antes da montagem, eles devem ser idênticos, sem rebarbas e seu diâmetro com no mínimo 1/3 do diâmetro do rebolo .

O aperto de porcas e parafusos deve ser somente na pressão necessária para fixar o rebolo entre os flanges.
Após a montagem deixe o rebolo girar livremente para aliviar as tensões.
Quando houver refrigeração, o sistema deve ser desligado antes do rebolo, deixando o rebolo girar por alguns minutos até que o excesso de fluido seja eliminado.

O que você achou desta informação?


Avaliação

Deixe sua avaliação
Comentários
0
Deixe seu comentário

 

Comentários

Faça parte da notícia, deixe seu comentário, expresse sua opinião.
E-mail protegido, também não gostamos de SPAM
Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Ver todos os artigos


Newsletter

Inscreva-se agora



 

Alcar - Abrasivos Qualidade feita para você

Tecnologia de ponta

Produzir com a mais alta qualidade, através de tecnologia de ponta são fatores que fazem parte da nossa filosofia.

Ultimas postagens

Discos de Corte e Desbaste

Discos de Corte e Desbaste

Utilizados em máquinas fixas ou portáteis. Trabalham em alta velocidade - 80m/s - proporcionando excelente execução de cortes, possuem telas de reforço que oferecem a resistência do produto.

Rebolos

Rebolos

Ferramentas abrasivas auto afiáveis constituídas por grãos abrasivos e ligas. Possuem formatos e dimensões específicas e efetuam o trabalho de retificar, polir, desbastar, cortar, afiar, rebarbar, etc.

Lixas

Lixas

Com uma grande variedade de formatos, tamanhos e granulometrias, as lixas são utilizadas desde os processos de desbaste até o acabamento final (polimento).

Faça parte de nosso círculo

Todos os direitos reservados ©2018

©Alcar - Copyrights